Mulher que morreu ao cair de prédio em João Pessoa era empresária de Mamanguape; delegado já solicitou imagens de câmeras de segurança

 O delegado já solicitou imagens das câmeras de segurança do prédio. De toda forma, os indícios, até o momento, apontam para suicídio.

A mulher que morreu ao cair de um prédio no bairro Altiplano, em João Pessoa, nesta terça-feira (7), era a empresária Gabi Garcez, de Mamanguape, no Litoral Norte paraibano. Ela estaria sozinha, sem familiares, enquanto esteve no prédio de onde caiu, segundo informou ao ClickPB o delegado Diego Garcia, da Delegacia de Crimes Contra a Pessoa da Capital.

O delegado já solicitou imagens das câmeras de segurança do prédio. De toda forma, os indícios, até o momento, apontam para suicídio.

A família não informou se ela estava com algum quadro de depressão, ainda conforme o delegado, em contato feito pelo ClickPB.

No Instagram, Gabi Garcez teria deletado todas as publicações do 'feed' e deixado uma foto preta no perfil. Não se tem confirmação se essa ação na rede social foi premeditada.

O Samu informou ao ClickPB, mais cedo, que enviou ambulância e que a equipe constatou a morte da mulher. Ela caiu em um pequeno lago no térreo do prédio de 51 andares e 182 metros de altura, localizado no bairro Altiplano.

O corpo de Gabi Garcez já foi recolhido e levado para o Instituto de Polícia Científica (IPC) de João Pessoa.

Por ClickPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.