Exército diz que morte de cabo em João Pessoa será investigada em inquérito policial militar e que família recebe apoio

 O cabo Genésio Salviano da Silva havia passado por consulta quando foi visto desacordado no próprio veículo, estacionado na Vila Militar de Subtenentes e Sargentos, nesta terça-feira (14).

O 1º Grupamento de Engenharia do Exército Brasileiro informou ao ClickPB que a morte do cabo, que teve o corpo encontrado dentro do próprio carro em João Pessoa, será investigada em inquérito policial militar. O cabo reformado Genésio Salviano da Silva, de 79 anos, havia passado por consulta médica quando foi visto desacordado no próprio veículo, estacionado na Vila Militar de Subtenentes e Sargentos, nesta terça-feira (14).

"O 1º Grupamento de Engenharia (1º Gpt E) informa que, na madrugada desta terça-feira, 14 de junho de 2022, o corpo do Cabo Reformado Genésio Salviano da Silva, 79 anos, foi encontrado no interior de seu veículo, estacionado na Vila Militar de Subtenentes e Sargentos deste Grande Comando. A Polícia Civil foi acionada e esteve no local, assim como a Polícia Científica, que realizou a perícia, sendo o corpo recolhido pelo Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (NUMOL)", declarou a unidade militar do Exército Brasileiro em nota enviada ao ClickPB, hoje.

Ainda segundo o 1º Grupamento de Engenharia, "lamentamos o ocorrido e esclarecemos que a família do militar está recebendo o apoio necessário."

O 1º Grupamento de Engenharia encerra a nota informando que "o fato será apurado por intermédio de Inquérito Policial Militar (IPM)."

Por ClickPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.