Datafolha: 29% dos eleitores de Bolsonaro são de esquerda; Lula tem 23% de direita

 Atual presidente tem 54% do eleitorado de direita, segundo instituto, enquanto petista tem 59% dos eleitores de esquerda

Mais de um quarto do eleitorado que pretende votar no presidente Jair Bolsonaro (PL) na eleição deste ano é de esquerda, segundo dados de pesquisa do instituto Datafolha, divulgados nesta segunda-feira (6) pelo jornal "Folha de S.Paulo". Já o ex-presidente Lula (PT) , que lidera as pesquisas eleitorais, tem 23% de apoiadores do outro lado do campo ideológico: ou de direita ou de centro-direita.

Os dados são do último levantamento do instituto, feito de modo presencial com 2.556 pessoas com 16 anos ou mais nos dias 25 e 26 de maio. A margem de erro máxima é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

O instituto classificou os entrevistados nos campos ideológicos com base em perguntas sobre temas que separam as visões de mundo — drogas, armas, criminalidade, migração, homossexualidade, leis trabalhistas, papel do Estado e impostos.

Segundo o Datafolha, o eleitorado do Lula está dividido da seguinte forma:

Eleitorado de Lula

  • Direita: 4%
  • Centro-direita: 19%
  • Centro: 18%
  • Centro-esquerda: 36%
  • Esquerda: 23%

O do presidente Bolsonaro, por sua vez, está dividido assim:

Eleitorado de Bolsonaro

  • Direita: 21%
  • Centro-direita: 33%
  • Centro: 17%
  • Centro-esquerda: 22%
  • Esquerda: 7%

O instituto apontou que o ex-ministro Ciro Gomes (PDT), que aparece em terceiro lugar nas pesquisas, também tem eleitores de todos os campos ideológicos.

Eleitorado de Ciro

  • Direita: 5%
  • Centro-direita: 22%
  • Centro: 16%
  • Centro-esquerda: 33%
  • Esquerda: 25%

Esquerda cresce e direita diminui, segundo pesquisa

Pesquisa do instituto publicada no sábado (4) apontou que a identificação dos brasileiros com o espectro ideológico de esquerda cresceu para 49%, ante 41% apurado no último levantamento, realizado em 2017.

A pesquisa apontou os seguintes resultados:

  • 49% dos entrevistados se identificam com a esquerda; eles dividem-se da seguinte forma: 17% de esquerda e 32% de centro-esquerda
  • 17% dos entrevistados se identificam com o centro
  • 34% se identificam com a direita; eles dividem-se da seguinte forma: 9% de direita e 24% de centro-direita
  • Em 2017, quando foi realizado o levantamento anterior, 41% disseram se identificar com a esquerda, e 40%, com a direita.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.