Após polêmica de pitbull em condomínio de João Pessoa, profissional explica que adestramento ajuda a torná-los menos agressivos

 Cachorros que latem demais, agressivos ou animais cujos donos não recolhem os seus dejetos costumam causar confusão entre vizinhos.

Quem mora em um prédio já sabe: presença de animais de estimação geralmente geram polemicas e problemas entre os moradores. Cachorros que latem demais, agressivos ou animais cujos donos não recolhem os seus dejetos costumam causar confusão entre vizinhos. 

Na última semana, uma disputa judicial entre vizinhos por causa de uma cachorro causou polêmica. Moradores de um prédio pediram a remoção de um cachorro da raça pitbull, o Loki, do local. A dona do animal recorreu e assegurou o direito de manter o cachorro em seu apartamento. 

Nesses casos, bom senso é a chave para a boa convivência com os vizinhos e evita a geração de multas por transtornos que o cão possa causar. A solução que muitos tutores recorrem para evitar problemas é fazer o adestramento. Com ajuda profissional, é possível treinar o cachorro para não latir quando ouvir o interfone ou a campainha, assim como passear sem puxar a coleira e, principalmente, não pular nas pessoas.

De acordo com o sargento Ricardo Costa Granja, do Canil BOPE da Polícia Militar da Paraíba, é preciso atentar para o fato de que cada raça possui características próprias. Os pitbulls, por exemplo, são considerados tanto cães de companhia quanto de combate. "A gente tem que ver a característica da raça e o que está paralelo, como a manipulação genética e o ambiente, que ajudam a formar o caráter do animal". Para evitar que o cão seja agressivo, tem que socializar o animal e habituá-lo a estar em diversos ambientes e conviver com outros animais e pessoas.

Mesmo com o adestramento, o profissional recomenda a utilização de equipamentos de segurança ao lidar com cães de raças consideradas de guarda. "Tem que ter um bom equipamento, uma guia com mosquetão resistente, um colar que possa controlar num momento de estresse, tem que ter esses cuidados, tem que saber conduzir e evitar aproximação de outros cães em locais públicos", enfatiza. Ele recomenda também sempre buscar a orientação de um adestrador.

Por ClickPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.