Ao comentar prisão do ex-ministro Milton Ribeiro, Nilvan diz que Bolsonaro incentiva investigação e que "governo do PT protegia os bandidos"

 O ex-ministro da Educação Milton Ribeiro é suspeito de ter praticado tráfico de influência e corrupção para a liberação de recursos públicos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), vinculado ao MEC.

O apresentador Nilvan Ferreira (PL), pré-candidato do presidente Jair Bolsonaro (PL) ao Governo da Paraíba, comentou a prisão do ex-ministro Milton Ribeiro, nesta quarta-feira (22). Ao comentar sobre o caso, Nilvan disse que Bolsonaro incentiva a investigação e, em tom de provação, comentou que o atual governo é diferente dos governos petistas.

"A diferença desse governo para os governos passados, é que agora o Presidente incentiva que tudo seja investigado e quem estiver envolvido em coisa errada, que pague pelo crime que cometeu! No governo do PT todo mundo sabe como funcionava. O governo protegia os bandidos!", disse o apresentador. 

O ex-ministro da Educação Milton Ribeiro foi preso nesta quarta-feira (22) pela Polícia Federal suspeito de corrupção. A operação “Acesso Pago” que prendeu Ribeiro tem o objetivo de investigar a prática de tráfico de influência e corrupção para a liberação de recursos públicos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), vinculado ao MEC.

O mandado de prisão preventiva expedido contra Milton Ribeiro cita os crimes de corrupção passiva, prevaricação, advocacia administrativa e tráfico de influência. Os policiais basearam a investigação em documentos, depoimentos e no “relatório final da investigação preliminar sumária” da Controladoria-Geral da União (CGU).

Por 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.