Secretário de Educação da Paraíba se manifesta contra homeschooling e diz que decisão é "um retrocesso"

 O secretário de Educação da Paraíba, Claúdio Furtado, se manifestou contra o homeschooling. O texto-base do projeto de lei que regulamenta a prática do ensino

O secretário de Educação da Paraíba, Claúdio Furtado, se manifestou contra a aprovação do homeschooling. O texto-base do projeto de lei que regulamenta a prática do ensino domiciliar foi aprovada pela Câmara dos Deputados nesta quarta-feira (18). Para o secretário, a decisão representa um retrocesso. "É um retrocesso histórico. Isso vem de uma cultura muito antiga", sentenciou. 

O texto que regulamenta o homeschooling altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) para admitir o ensino domiciliar na educação básica (pré-escola, ensino fundamental e médio). A educação domiciliar é uma das bandeiras do presidente Jair Bolsonaro. 

O tema estava entre as metas prioritárias para os primeiros cem dias de governo, mas ainda não foi votado.

Por ClickPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.