Professora assassinada em massacre no Texas se deitou sobre crianças para protegê-las, diz filho

 Atirador matou 19 crianças e duas professoras de uma escola na cidade de Uvalde, no Texas, EUA. Filho de uma das professoras relatou a um canal de TV o que ouviu de um policial sobre como foi a cena.

Fazer churrasco com o marido, ouvir músicas e fazer trilhas. Esses eram alguns hobbies da professora Irma Garcia, uma das vítimas do massacre em uma escola da cidade de Uvalde, no Texas, nos EUA, que aconteceu nesta terça-feira (24). Irma lecionava no local havia 23 anos.

Um filho de Irma disse ao canal americano NBC que um amigo policial, que estava no local, disse que viu a professora deitada sobre os alunos para protegê-los.

Além dela, o atirador assassinou outra professora e mais 19 alunos da Robb Elementary School.

Segundo o perfil assinado pela própria Irma no site da escola, ela tinha quatro filhos, um deles recruta do exército americano, e estava casada havia 24 anos com seu marido, Joe Garcia.

Ajuda com funeral

Amigos da família abriram uma campanha online para arrecadar fundos para o funeral da professora.

Nessa página, elas a descrevem como uma heroína "que se sacrificou para proteger seus alunos".

O assassino, um homem de 18 anos, morreu no local, segundo a polícia americana. As motivações do crime são desconhecidas. Antes de cometer o massacre, o agressor atirou contra a própria avó, que precisou ser hospitalizada.

Nesta quarta-feira (25), as vítimas começaram a ser identificadas por familiares.

Por 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.