PCCR da Polícia Civil começa a tramitar na Assembleia Legislativa em até 15 dias e deputados garantem celeridade

 O Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) da Polícia Civil da Paraíba já foi entregue ao Governo do Estado e já passou pela análise de impacto econômico, bem como pelas adequações relativas a legislação.

O documento oficial com o novo Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) da Polícia Civil da Paraíba já foi entregue ao Governo do Estado e já passou pela análise de impacto econômico, bem como pelas adequações relativas a legislação e está passando pelos ajustes finais. O documento será enviado para tramitar na Assembleia Legislativa e deve começar a tramitar em no máximo 15 dias.

O presidente da Associação dos Policiais Civis de Carreira da Paraíba (Aspol-PB), Beethoven Silva, informou ao Click PB que a categoria já conversou com alguns deputados, que asseguraram dar máxima atenção quando o documento chegar a Casa Legislativa para que entre logo em votação. "Tivemos contato com vários parlamentares que nos garantiram celeridade no processo", revelou.

O documento é a conclusão do trabalho de três meses realizado por uma comissão criada especialmente para desenvolver o novo PCCR da Polícia Civil. A proposta vinha sendo elaborada desde fevereiro deste ano, com a participação de todas as entidades representativas da Polícia Civil da Paraíba, com o apoio de Delegacia-Geral, participação das superintendências regionais, além de um representante da Secretaria de Administração do Estado.

Uma das principais mudanças, que era bastante esperada pela categoria, é a implantação da média salarialdas polícias civis no Nordeste, que deverá ser tomada como base para os salários da Polícia Civil da Paraíba, após aprovação pela Assembleia Legislativa do Estado. "A Polícia Civil da Paraíba é uma das melhores do Nordeste, no entanto é a que tem a pior remuneração da região", reclamou Silva. 

Por ClickPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.