Turista de Guarujá, litoral de São Paulo, morre afogado no Buraco Azul, no Ceará

 O turista, que estava no Buraco Azul com a namorada, foi levado pelo helicóptero ao Centro de Saúde da Família da praia de Preá, também em Cruz, mas não resistiu.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) — O técnico em manutenção mecânica Uilgner Rodrigues, de Guarujá, no litoral de São Paulo, morreu afogado na tarde desta segunda-feira (21) após mergulhar no Buraco Azul, lago que virou atração turística no povoado Caiçara, distrito de Cruz, no litoral do Ceará. O local, vizinho à praia de Jericoacoara, estava cheio de turistas na hora do acidente.

Vídeos que circulam nas redes sociais mostram pessoas revoltadas por causa da falta de estrutura médica para atender a vítima. Houve também mobilização dos turistas para que o piloto de um helicóptero turístico transportasse Uilgner até um hospital, após ele ser retirado da água por salva-vidas.

O turista, que estava no Buraco Azul com a namorada, foi levado pelo helicóptero ao Centro de Saúde da Família da praia de Preá, também em Cruz, mas não resistiu. No sábado, ele havia publicado nas redes sociais uma foto comemorando o passeio em Jericoacoara. "O paraíso é aqui", escreveu. Ele também publicou imagens ao lado da namorada e um vídeo se divertindo em um toboágua.

Uilgner Rodrigues, de 30 anos, natural de Guarujá (SP) morreu ao mergulhar no lago conhecido como Buraco Azul, no município de Cruz (CE) — Foto: Reprodução/Instagram

Em nota de pesar, o Buraco Azul Caiçara, restaurante frequentado por turistas que visitam o lago, lamentou a morte do técnico em manutenção e informou que ele foi socorrido pela equipe de segurança aquática do local. A nota afirma também que a empresa que vende passeios de helicóptero na atração turística não tem nenhuma ligação com a administração do restaurante.

Turista morre após se afogar no Buraco Azul, atração turística do município de Cruz, mesma região de Jericoacoara. — Foto: Celso Tavares/G1

O estabelecimento ficará fechado nos próximos dias. "A empresa Buraco Azul Caiçara lamenta a fatalidade e, neste momento de dor, está prestando todo apoio e solidariedade à família e principalmente à companheira Bianca Carvalho, que o acompanhava", finaliza o comunicado.

O ator Bruno Miranda, intérprete do personagem Borat no programa Amor & Sexo (Globo), estava no Buraco Azul na hora do afogamento e contou nas redes sociais que o turista ficou de 20 a 30 minutos embaixo da água.

"Não dava para enxergar nada. O Buraco Azul, apesar de ser azul, não é uma água cristalina", disse.

Ex-nadador, ele pulou no lago para tentar ajudar, assim como outros turistas. Segundo ele, todos mergulharam várias vezes, mas era grande a dificuldade de enxergar sem equipamentos próprios para isso.

O casal Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank visitaram o Buraco Azul, em Cruz, com os filhos. — Foto: Reprodução/Instagram

A blogueira Bebel, de Jericoacoara, também no local para passar o dia, contou que não havia equipe médica, ambulância ou equipamentos de socorro. Ela compartilhou imagens de turistas revoltados com a dificuldade de socorrer o turista e pediu providências à Prefeitura de Cruz.

A atração surgiu em 2019 a partir de um buraco cavado para retirada de areia para obras na região. O buraco encheu de água no período chuvoso, o mais intenso dos últimos sete anos, e a cor da água passou a chamar a atenção dos turistas.

Por 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.