Trio é preso suspeito de homicídio em Campina Grande

 O crime aconteceu no dia 30 de novembro de 2021, no bairro do Quarenta​, onde a vítima sofreu vários disparos de arma de fogo​.

A Polícia Civil da Paraíba, por meio da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) de Campina Grande deflagrou nesta nesta terça-feira (29), a Operação Quarentena, e prendeu três investigados apontados como autores e mandante do assassinato cometido contra Aleones de Oliveira Souza. O crime aconteceu no dia 30 de novembro de 2021, no bairro do Quarenta, onde a vítima  sofreu vários disparos de arma de fogo. 

Aleones foi socorrido ao hospital, onde ficou internado e veio a óbito no dia 25 de dezembro.

De acordo com as investigações, Aleones - que já foi condenado por homicídio e tráfico de drogas -, estava cumprindo pena no regime semiaberto, com o uso de tornozeleira eletrônica. Ele teria voltado a traficar no bairro, sendo esta a motivação do crime praticado por inimigos que moram na mesma área.

A investigação apurou que o mandante do assassinato também é traficante setenciado e que cumpre pena com o uso de tornozeleira eletrônica. O condutor da moto e o garupa, que mataram Aleones, também têm histórico criminal, sendo o piloto um preso do regime semiaberto. Ele rompeu sua tornozeleira eletrônica 20 dias antes de matar a vítima.

O garupa da moto e autor dos disparos já havia sido preso duas vezes por tráfico de drogas. Ele teria voltado a comercializar entorpecentes na região, com o mandante do crime, sendo esta a principal motivação do delito.

Os três homens presos estão recolhidos na Central de Polícia Civil, aguardando determinações judiciais.

Por ClicliPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.