Procon-PB notifica distribuidoras de combustíveis sobre reajuste e vai autuar quem aumentou preços por conta própria, diz superintendente

 Segundo Késsia, "no tocante a preço, o Procon-PB quer saber quem aumentou. Se aumentou porque a distribuidora repassou o aumento, está justificado e a gente vai chegar na distribuidora."

A superintendente do Procon-PB, Késsia Liliana, informou que o órgão de defesa do  consumidor já notificou as distribuidoras para que apresentem notas fiscais que justifiquem aumento de preços de combustíveis na Paraíba, após o reajuste anunciado pela Petrobras e que entrou em vigor nesta sexta-feira (11).

"O Procon-PB notificou todas as distribuidoras para que apresentem nota fiscal de compra e venda para que nós possamos verificar se foi repassado aos postos algum aumento antecipado que venha justificar o preço. Como também notifica todos os postos de combustíveis para verificar se já havia produto no tanque e que tenha sido repassado aumento antecipado ao consumidor", explicou a superintendente do Procon-PB ao Arapuan Verdade, conforme apurou o ClickPB.

Em relação à fiscalização, Késsia Liliana relatou que as equipes do Procon-PB passaram "a manhã toda junto com o presidente do Sindipetro, o Omar [Hamad], junto também do Procon de João Pessoa, Bayeux, Santa Rita, Sapé. Foi aberto para que todos os Procons pudessem se manifestar. E também a ANP (Agência Nacional de Petróleo). Logo cedo, a ANP ligou para mim e, por coincidência, estava aqui. Nesse sentido, trazer à população que, segundo a ANP, que trabalha com a qualidade dos combustíveis, atestou que os nossos combustíveis são de qualidade. Pelo menos isso."

Ainda segundo Késsia, "no tocante a preço, o Procon-PB quer saber quem aumentou. Se aumentou porque a distribuidora repassou o aumento, está justificado e a gente vai chegar na distribuidora. Mas, se repassou por conta própria, há de ser autuado pelo órgão. Todos os processos administrativos estão sendo abertos."

Por ClickPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.