Paraíba orienta que idosos devem receber 4ª dose de vacinas contra Covid-19 quatro meses após 3ª dose e 'novo reforço' já pode ser aplicado

 Devem ser imunizados com esse 'novo reforço' os idosos a partir de 80 anos e essa aplicação já pode ser feita, com a atenção ao intervalo de quatro meses após a 3ª dose para todas as vacinas.

A Secretaria de Estado da Saúde da Paraíba divulgou informações sobre a Nota Técnica do Ministério da Saúde na qual as equipes e os municípios são orientados sobre a 4ª dose contra Covid-19. Devem ser imunizados com esse 'novo reforço' os idosos a partir de 80 anos e essa aplicação já pode ser feita, com a atenção ao intervalo de quatro meses após a terceira dose para todas as vacinas: CoronaVac, Janssen, AstraZeneca e Pfizer.

"Considerando a necessidade de adequação do esquema vacinal nos indivíduos com 80 anos ou mais de idade devido à redução da efetividade das vacinas COVID-19 que tem se demonstrado menor entre os idosos e, consequentemente, maior risco de complicações da doença. O Ministério da Saúde/MS, por meio da Nota Técnica N° 20/2022-SECOVID/GAB/SECOVID/MS recomenda a aplicação de uma segunda dose de reforço para todas as pessoas com 80 anos ou mais de idade de vacinas contra COVID-19", diz a Nota Informativa nº 06, de 24 de março de 2022, da Secretaria de Estado da Saúde da Paraíba, conforme apurou o ClickPB.

Ainda segundo a SES-PB, "compete aos municípios definir estratégias para a vacinação do referido público, uma vez que são grupos vulneráveis, com dificuldade de locomoção, sendo muitos deles acamados. Portanto, é importante que os municípios adotem estratégias específicas para facilitar o acesso desse público, assim como, realizar busca ativa e ofertar vacinação em domicílio."

Por ClickPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.