Raimundo Lira confirma candidatura ao Senado e aguarda Romero Rodrigues decidir chapa: "acredito que eu estarei junto dele"

 Em entrevista ao Arapuan Verdade, o relator do impeachment de Dilma Rousseff, em 2016, disse que após a morte da esposa sentiu necessidade de voltar a ser efetivo na relação política.

O ex-senador Raimundo Lira revelou desejo de voltar ao Senado pela Paraíba. Em entrevista ao programa Arapuan Verdade, nesta quinta-feira (6), Lira, relator do impeachment de Dilma Rousseff, em 2016, disse que após a morte da esposa sentiu necessidade de voltar a ser efetivo na relação política.

"Eu estou estabilizado como empresário, já desempenhei bem as minhas funções públicas como senador e, agora, estou querendo voltar. E, exatamente, por conta de eu ter perdido minha amada esposa Gitana, eu terminei ficando só, apenas com meus quatro filhos, todos eles em suas moradas em Brasília. E aí eu senti a necessidade de voltar, de ser efetivo na relação política, fazer alguma coisa pelo Brasil", detalhou Raimundo Lira, conforme apurou o ClickPB.

Romero, PSD e chapa

Em relação a chapa na qual pretende disputar vaga no Senado pela Paraíba, Raimundo Lira disse aguardar definição de Romero Rodrigues, mas que seguir, ou não, com o colega de partido.

"Eu sou filiado ao PSD, membro da comissão executiva nacional. E, lá em Brasília, tanto eu como o presidente [Gilberto] Kassab demos a Romero [Rodrigues] a opção dele fazer a escolha a seguir nas Eleições 2022. Então eu acho, hoje, pelo que Romero falou, que ele será um grande deputado federal e apenas estamos aí esperando que ele defina qual é o caminho a seguir. E, portanto, eu seguirei, ou não, a decisão de Romero. Se ele fizer um acordo com B ou com C, eu acredito que eu estarei junto dele nas Eleições 2022", anunciou Lira.

Por ClickPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.