Polícia Civil prende suspeito de matar estudante de 21 anos que trabalhava como motorista de aplicativo em Campina Grande

 O crime aconteceu no bairro de Bodocongó, no último dia 27 de dezembro de 2021. A perícia apontou que o estudante foi morto dentro do carro onde trabalhava como motorista de aplicativo.

A Polícia Civil da Paraíba prendeu um suspeito de matar um estudante de 21 anos, que trabalhava como motorista de aplicativo em Campina Grande, no Agreste da Paraíba. A prisão foi executada na tarde desta segunda-feira (3).

O crime aconteceu no bairro de Bodocongó, no último dia 27 de dezembro de 2021. A perícia apontou que o estudante foi morto dentro do carro onde trabalhava como motorista de aplicativo, tendo sido enforcado e esfaqueado por trás enquanto ocupava o banco de condutor do veículo.

"A Polícia Civil da Paraíba, por meio da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) de Campina Grande, acaba de prender o suspeito de ter assassinado um motorista por aplicativo no bairro de Bodocongó. O crime aconteceu no dia 27 de dezembro de 2021. A Polícia Civil dará todos os detalhes dessa prisão na manhã desta terça-feira, 04 de janeiro, às 10h, na Central de Polícia, bairro do Catolé", informou a Polícia Civil da Paraíba.

Por ClickPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.