Taxa de internação de enfermaria exclusiva de covid-19 cai a 0,6% em Campina Grande

 Com isso, a Secretaria de Saúde dispõe, caso necessário, de 174 leitos para pacientes com o novo coronavírus.

O Município de Campina Grande atingiu a menor taxa de internação de enfermarias de covid-19 desde o início da pandemia. A cidade tem apenas 0,6% dos leitos de enfermaria ocupados, o que corresponde a apenas um paciente. Com isso, a Secretaria de Saúde dispõe, caso necessário, de 174 leitos para pacientes com o novo coronavírus.

A taxa de ocupação da UTI na cidade é de 4%, com seis pacientes internados e dispondo de 116 leitos. O único paciente de enfermaria da cidade está internado no Complexo Hospitalar Municipal Pedro I, maior do estado da Paraíba, onde somente os leitos do Hospital de Campanha estão sendo utilizados para a covid-19. A unidade tem outros quatro pacientes de UTI, somando apenas cinco pessoas em tratamento da doença no hospital.

Na estrutura principal do complexo estão internados pacientes com outras patologias e procedimentos, como os exames eletivos que voltaram a ser realizados. O Hospital de Campanha, inclusive, está passando por uma reforma, para ter uma emergência de atendimento de covid-19 separada do prédio principal, que terá uma emergência clínica geral para a cidade. A UTI, que foi reformada e entregue há dois meses, abriga somente pacientes de outros casos e o centro cirúrgico também passa por reforma.

A queda na internação é um reflexo na redução de casos. Neste domingo, 5, foram identificados somente cinco novos casos. Toda essa diminuição é consequência do avanço na vacinação, que já atingiu 328.209 campinenses a partir de 12 anos de idade, com ao menos uma dose, o que corresponde a 94% da população vacinável, além de 264.360 pessoas com segunda dose (o que representa 76% do público).

“É uma marca muito significativa e estamos felizes, já executando nosso plano de ação na Saúde para o momento pós-pandêmico, com a reestruturação das Unidades Básicas de Saúde e a implantação do novo sistema de informatização, otimização e modernização do funcionamento dos serviços públicos de saúde na cidade para o cidadão, que o prefeito Bruno Cunha Lima vai lançar nesta terça-feira”, disse o secretário de Saúde, Gilney Porto.

Por 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.