Operação 'Saqueadores': quatro homens são presos suspeitos de assaltos a correspondentes bancários e pousadas na Paraíba

 De acordo com as investigações, os investigados estavam aterrorizando a área mediante assaltos a mão armada e tráfico de drogas.

Quatro homens foram presos na manhã desta quinta-feira (23), durante a Operação Saqueadores, que foi realizada pela Polícia Civil da Paraíba, através da 7ª DSPC (Delegacia Seccional de Polícia Civil) em Mamanguape. A ação contou com o apoio da Polícia Civil do Rio Grande do Norte. Os presos são suspeitos de assaltos a correspondentes bancários, pousadas e outros estabelecimentos comerciais no Litoral Norte da Paraíba e municípios do Rio Grande do Norte.

Segundo os delegados Sylvio Rabello, gestor da 7ª DSPC,  e Cristiane Medeiros, da Delegacia de Mataraca, os investigados estavam aterrorizando a área mediante assaltos a mão armada e tráfico de drogas. Sempre levavam quantias acima de 30 mil ou 50 mil reais, onde provavelmente, investiam em drogas.

De acordo com Sylvio Rabello, a Operação 'Saqueadores' foi realizada na área de Mamanguape, Baía da Traição, Mataraca e a divisa com o Rio Grande do Norte, onde foram cumpridos mandados de prisão temporária e de buscas domiciliares relacionados às investigações de recorrentes crimes de roubo qualificado a lojas, farmácias, correspondentes bancários, e pousadas  nas cidades do Litoral Norte da Paraíba e outros municípios do estado vizinho. 

"A operação 'Saqueadores' consistiu num árduo trabalho de investigação policial desenvolvido pela Delegacias de Polícia da 7ª DSPC,  com a participação de Delegacias do Rio Grande do Norte, onde foram verificados vários indícios de participação nos crimes patrimoniais citados que nos levaram aos investigados", disse o delegado.

Ele afirmou ainda que  na ação, o preso conhecido por Grilo, se identificou falsamente aos policiais na tentativa de escapar da prisão, mas na delegacia revelou a sua verdadeira identificação, ocasião em que foi possível constatar mandado de prisão em aberto da comarca de João Pessoa por crime de mesma natureza.

Após autuação por falsa identificação e cumprimento dos mandados de prisões, os conduzidos foram  encaminhados às unidades penitenciárias da área, inclusive alguns na carceragem da central de polícia da capital , ficando à disposição da Justiça. 

Por ClickPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.