Mais de 52 mil paraibanos se vacinam no Dia D contra a covid-19

 Em números totais foram aplicadas 1.974 doses 1; 14.125 doses 2 e 29.898 doses de reforço. João Pessoa informou a aplicação de 6.700 doses.

O quarto Dia D de Vacinação Contra a covid-19 realizado pela Secretaria de Estado da saúde (SES), nessa quarta-feira (22), registrou o comparecimento de 52.627 paraibanos aos postos espalhados em 198 municípios paraibanos. Eles atualizaram o cartão de vacina com dose 1, dose 2, ou completaram o esquema vacinal com a dose de reforço. Na próxima quarta-feira (29), será realizado o último dia D do ano, com o intuito de aumentar a cobertura vacinal contra a covid-19 na Paraíba.

Em números totais foram aplicadas 1.974 doses 1; 14.125 doses 2 e 29.898 doses de reforço. João Pessoa informou a aplicação de 6.700 doses.

De acordo com o secretário estadual de Saúde, Geraldo Medeiros, a realização de dois novos "Dia D" no período de fim de ano oportuniza uma maior proteção contra o vírus, no momento em que a população tem a tendência de viajar e estar reunida com familiares e amigos. 

"Sabemos que as festividades de Natal e Ano Novo promovem encontros e até pequenas aglomerações nos núcleos familiares, e é neste momento que precisamos estar ainda mais vigilantes, contar com a vacinação, aliada ao uso de máscaras e higiene das mãos para a proteção individual e coletiva", frisa.

A ação teve a adesão dos municípios por todo o estado, entre eles o município de Bayeux, na primeira gerência de saúde, que abriu os postos de vacinação livre de agendamentos para o acesso à vacinação. De acordo com a coordenadora de imunização do município, Milena Kaline, a realização do Dia D é propícia para que seja possível descentralizar a vacinação e tornar ainda mais acessível à população. "Estamos com as 29 unidades abastecidas e mais próximos da comunidade, principalmente de pessoas que moram em áreas mais distantes do ponto central e isso ajuda muito a intensificação da vacinação, e até mesmo da busca ativa", enfatiza.

A estratégia de acesso descentralizado foi importante para o estudante Gabriel Henrique, 17 anos, residente do bairro de Tambay, em Bayeux. De acordo com ele, ficou muito mais fácil receber a vacina perto de casa, o que deu mais um estímulo para se proteger com a dose 2 contra a covid-19.

"A minha preocupação é com a minha segurança, com a minha vida e por isso vim tomar a segunda dose hoje. Graças a Deus, na minha família está todo mundo vacinado, só falta meu irmãozinho de 10 anos que está esperando a vez dele", reforça.

A SES recomenda que os municípios mantenham as salas de vacinação abertas, mesmo nos períodos festivos, para manter a oferta e acesso aos imunizantes, uma vez que todo o estado se encontra devidamente abastecido. É importante reforçar que a vacina, juntamente com as medidas não farmacológicas já conhecidas, é eficaz na prevenção da covid-19.


Por 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.