Justiça condena ex-secretários e mais 13 denunciados na Operação Famintos por desvio de recursos da merenda escolar na Prefeitura de Campina Grande

 A operação foi deflagrada para investigar desvios de recursos federais do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), dinheiro esse desviado a partir de 2013, conforme relatório.

O juiz federal Vinicius Costa Vidor condenou, nesta terça-feira (16), quatro ex-secretários e mais 13 denunciados na Operação Famintos por desvio de recursos da merenda escolar na Prefeitura de Campina Grande. A operação foi deflagrada para investigar desvios de recursos federais do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), dinheiro esse desviado a partir de 2013, conforme relatório da condenação.

Ainda segundo o documento ao qual o ClickPB teve acesso, a denúncia foi recebida no dia 20 de outubro de 2020. Os réus foram devidamente citados e apresentaram defesa. Entre fevereiro e junho deste ano foram realizadas audiências de instrução para que fossem ouvidas testemunhas e os réus.

Foi extinta a punição contra Adriana Braz de Souza, visto que a ré faleceu ainda no andamento do processo. Foram absolvidos Severino Roberto Maia de Miranda, Angelo Felizardo do Nascimento, Albânia Alves de Freitas, Fernanda Cristina Agra Borborema e Adilson da Silva Oliveira.

Foram condenados Paulo Roberto Diniz de Oliveira, Maria José Ribeiro Diniz, Iolanda Barbosa da Silva, Maria do Socorro Menezes de Melo, Helder Giuseppe Casulo de Araújo, Gabriella Coutinho Pontes Teixeira, Manoel Bruno Caetano Ferreira, José Lucildo da Silva, Rivaldo Aires de Queiroz Neto, Carlos Frederico Martins Lira Alves, Rodolfo Gaudêncio Bezerra, Verônica Bezerra de Araújo Galvão, Felipe Silva Diniz Júnior, Frederico de Brito Lira, Flávio Souza Maia, Severino Roberto Maia de Miranda e Marco Antônio Querino da Silva.

Por ClickPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.