​Idoso preso por engano é solto em João Pessoa após ficar três dias na Central de Polícia Civil

 A prisão aconteceu após erro de digitação.

Um idoso de 64 anos que foi preso, na última terça-feira (19), por engano devido a um erro de digitação no mandado judicial expedido pela Justiça do Estado de Alagoas, foi solto, no início da tarde desta sexta-feira (22). A liberação aconteceu após autorização da Justiça da Paraíba cumprir o alvará expedido pela Justiça de Alagoas.

 Ricardo José Santos da Silva, inocente, sem antecedentes criminais, estava em casa quando foi preso por homicídio cometido no estado de Alagoas. O verdadeiro responsável pelo crime seria José Ricardo da Silva Santos. 

No início da tarde de hoje, cumpriu-se a soltura do idoso após a Justiça de Alagoas reconhecer o erro e emitir alvará de liberdade em nome de Ricardo José Santos da Silva. O idoso foi liberado, como obteve o ClickPB, e recebido por familiares que o aguardaram na porta da Central de Polícia Civil. O idoso ficou três dias preso.

Por ClickPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.