Sancel
17.8.21

Polícia Federal prende secretário de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro por associação com o tráfico

 Os cinco mandados de prisão da Operação Simonia foram expedidos pelo TRF-2 em razão do cargo de Montenegro, que detém foro especial no tribunal.

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) — A Polícia Federal prendeu na manhã desta terça-feira (17) três integrantes da cúpula da Secretaria de Administração Penitenciária no Rio de Janeiro, entre eles o chefe da pasta, Raphael Montenegro.

Eles são suspeitos de realizar "negociações espúrias entre a cúpula da Seap-RJ e lideranças de facção criminosa".

De acordo com a PF, "os agentes públicos se comprometeram e realizaram diversas diligências para viabilizar o retorno de criminosos custodiados na Penitenciária Federal de Catanduvas, Paraná, para o estado do Rio de Janeiro".

O grupo também, segundo a polícia, permitia a entrada de pessoas e itens proibidos nos presídios. Há ainda a suspeita de soltura irregular de "criminoso de altíssima periculosidade".

Segundo a PF, os supostos crimes foram cometidos "em troca de influência sobre os locais de domínio destes traficantes e outras vantagens ilícitas".

Montenegro é enteado do juiz federal aposentado Abel Gomes, que atuava como relator da Lava Jato no TRF-2 até março, quando decidiu retirar-se da Corte.

Os cinco mandados de prisão da Operação Simonia foram expedidos pelo TRF-2 em razão do cargo de Montenegro, que detém foro especial no tribunal.

Também foram presos os subsecretários Wellington Nunes da Silva e Sandro Faria Gomes.

A Seap ainda não se manifestou sobre a prisão.


  • Comentar com o Gmail
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Polícia Federal prende secretário de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro por associação com o tráfico Rating: 5 Reviewed By: Informativo em Foco