Mãe é presa e acusada de abuso depois de filha de 12 anos dar à luz

 

Menina de 12 anos dirigiu-se ao hospital, para dar à luz, acompanhada por homem de 24 anos, "como qualquer outro casal", disse a polícia de Oklahoma

mãe de uma menina de 12 anos de idade foi detida e enfrenta acusações criminais depois de a menor ter dado à luz a uma criança, indicou a polícia de Tulsa, no estado norte-americano de Oklahoma.

A mulher, Desiree Castaneda, foi acusada de fomentar abusos sexuais infantis e negligência infantil.

O pai da criança, Juan Miranda-Jara, é um homem de 24 anos de idade que foi preso duas semanas antes sob a acusação de violação.

A polícia indicou que a investigação apurou que Desiree Castaneda e outros membros da família estavam conscientes da relação entre Juan Miranda-Jara e a menina, tendo permitido a sua continuação.

No decorrer da investigação foram encontradas fotografias de um 'baby shower' para o bebê da menor e do detido.

A menor deu à luz no passado dia 14 de julho, de acordo com a imprensa norte-americana. "Entraram no hospital como qualquer outro casal, entusiasmados com o nascimento", indicou Danny Bean, agente da polícia de Tulsa.

Juan Miranda-Jara está atualmente a cumprir uma pena de 12 anos de prisão por violação, crime que não está relacionado com este caso.

POR NOTÍCIAS AO MINUTO BRASIL

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.