Estudante de Direito é preso suspeito de agredir companheira grávida na Grande João Pessoa

 De acordo com informações, o suspeito de 22 anos já faz uso da tornozeleira eletrônica devido a uma outra agressão.

Um estudante de Direito foi preso nesta quarta-feira (7), suspeito de agredir a companheira que está grávida, no município de Cabedelo, na Grande João Pessoa. De acordo com informações, o suspeito de 22 anos já faz uso da tornozeleira eletrônica devido a uma outra agressão.

A Polícia informou que o casal aparentava estar sob efeito do uso de substâncias ilícitas.

A mulher de 22 anos foi socorrida para o Hospital de Trauma de João Pessoa. O estado de saúde não foi divulgado. 

O homem segue preso na carceragem da Polícia Civil, no bairro do Geisel, em João Pessoa.

Por ClickPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.