Sancel
22.12.20

Paraíba terá mais 181 leitos abertos até o final de dezembro para tratamento da Covid-19

 Com a nova onda de contaminação que fez o número de mortes chegar a 3.552 e 159. 639 pessoas infectadas, a abertura de mais 120 novos leitos já foram realizadas ao longo dos últimos dias.

Novos leitos da Covid-19 já são uma realidade nos hospitais espalhados pela Paraíba. Com a nova onda de contaminação que fez o número de mortes chegar a 3.552 e 159. 639 pessoas infectadas, a abertura de mais 120 novos leitos já foram realizadas ao longo dos últimos dias. A meta é que até o dia 31 de dezembro, o Governo do Estado tenha a disponibilidade de 181 leitos para o tratamento de pacientes com a doença.

De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado, a abertura de novos leitos nas unidades que são referências para a Covid-19 no Estado, contemplou o Hospital de Clínicas de Campina Grande, o Hospital Regional Janduhy Carneiro, em Patos, o Hospital Wenceslau Lopes, em Piancó, e em Cajazeiras e o Hospital Universitário Alcides Carneiro (HUAC-UFCG/Ebserh), em Campina Grande, com 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 6 de enfermaria. 

Ao todo foram 36 leitos de UTI e mais 25 leitos de enfermaria, em um total de 61 leitos. Já no último dia 14, foram autorizadas a abertura de mais 74 leitos de enfermaria, 34 leitos de UTI e 12 leitos de Unidade de decisão clínica, que possuem toda infraestrutura de uma UTI.

Segundo dados do Boletim Epidemiológico, divulgado na última segunda-feira (22), a ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 52%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 55%. Em Campina Grande estão ocupados 55% dos leitos de UTI adulto e no sertão 70% dos leitos de UTI para adultos.

Por ClickPB

  • Comentar com o Gmail
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Paraíba terá mais 181 leitos abertos até o final de dezembro para tratamento da Covid-19 Rating: 5 Reviewed By: Informativo em Foco