Sancel
19.11.20

Ministério Público investiga não aquisição de ventiladores mecânicos para UPA de Patos após envio de verba federal de R$ 1,3 milhão

 A portaria com a abertura do inquérito foi publicada no diário eletrônico do MPF desta quinta-feira (19).

O Ministério Público Federal (MPF) instaurou um inquérito civil para investigar denúncia que aponta que o deputado federal Julian Lemos enviou verba federal de R$ 1,3 milhão para a compra de três ventiladores mecânicos para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Patos, mas os equipamentos não foram adquiridos.

A portaria com a abertura do inquérito foi publicada no diário eletrônico do MPF desta quinta-feira (19). Os ventiladores seriam usados no combate à covid-19.

O deputado Julian Lemos informou ao ClickPB que desconhecia a denúncia e que destinou verbas para o combate à covid-19 para diversas cidades do estado, incluindo Patos. Ele acredita, porém, que o valor que foi destinado à Prefeitura de Patos foi bem menor do que o que consta na denúncia. ''Posso dizer com segurança que não foi isso tudo, foi um valor bem menor'', comentou.


No Facebook do deputado, consta um vídeo do mês de abril, no qual ele afirma ter enviado R$ 1 milhão para o custeio da UPA e mais R$ 300 mil para a compra de três ventiladores, o que leva a crer que é a esse vídeo que a denúncia se refere.

''Aí quem tem que responder é o gestor, ele tem que prestar contas do recurso que ele recebeu, eu defendo rigor em qualquer apuração sobre recursos federais, para isso não existe exceções'', disse Julian Lemos ao ClickPB.



Por ClickPB

  • Comentar com o Gmail
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Ministério Público investiga não aquisição de ventiladores mecânicos para UPA de Patos após envio de verba federal de R$ 1,3 milhão Rating: 5 Reviewed By: Informativo em Foco