Sancel
13.5.20

Ministério Público diz que houve equívoco e causa da morte do procurador Walter Porto não foi covid-19

De acordo com a assessoria de comunicação do MPPB, a confusão ocorreu devido a informação de que não haveria velório devido a pandemia de covid-19.

Procurador aposentado teve parada cardiorrespiratória (Foto: Reprodução)
Após divulgar luto de três dias pela morte do procurador-geral de Justiça aposentado, Walter Porto, por covid-19, o Ministério Público da Paraíba (MPPB) informou que houve um equívoco e essa não foi a causa da morte.
De acordo com a assessoria de comunicação do MPPB, a confusão ocorreu devido a informação de que não haveria velório devido a pandemia de covid-19.
Por e-mail, a médica que assinou o atestado de óbito de Walter Porto, Rosa Melo, entrou em contato com o ClickPB para esclarecer que ele faleceu por uma parada cardiorrespiratória, devido à arritmia cardíaca, causada por distúrbio metabólico associados à Doença de Parkinson.
Por ClickPB
  • Comentar com o Gmail
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Ministério Público diz que houve equívoco e causa da morte do procurador Walter Porto não foi covid-19 Rating: 5 Reviewed By: Informativo em Foco