Sancel
7.2.20

Claudia Rodrigues deixa UTI após traumatismo craniano

Com esclerose múltipla, ela estava internada em estado grave na UTI do hospital desde o dia 28 de janeiro.

Diagnosticada com esclerose múltipla em 2000, a atriz estava afastada da televisão desde 2013 e travava uma batalha contra a doença e chegou a experimentar tratamentos alternativos para conter o avanço e sequelas da doença. (Foto: Reprodução)
Claudia Rodrigues, 48 anos, está bem e recebeu alta da unidade de terapia intensiva do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, nesta sexta-feira (7). A informação foi divulgada por Adriane Bonato, empresária da atriz, em coletiva de imprensa. 
A humorista, que mora no Rio de Janeiro na companhia da filha, Iza, costuma vir a São Paulo para acompanhamento médico. Com esclerose múltipla, ela estava internada em estado grave na UTI do hospital desde o dia 28 de janeiro.
Segundo o boletim médico, ela está internada em decorrência de uma queda da própria que atingiu a região da cabeça, causando traumatismo craniano. Ela segue em recuperação e apresenta sinais diários de melhora clínica. A paciente está acordada, respirando espontaneamente e recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva hoje. Não há previsão de alta.
Diagnosticada com esclerose múltipla em 2000, a atriz estava afastada da televisão desde 2013 e travava uma batalha contra a doença e chegou a experimentar tratamentos alternativos para conter o avanço e sequelas da doença.
"A Claudia não teve convulsão, diferentemente do que foi noticiado por uma colunista. Ela caiu da cama na Cevisa [clínica onde estava internada, no interior de São Paulo]. Ela não teve traumatismo craniano. O Einstein não teve autorização de divulgação até esta tarde por conta desta coletiva. Claudia foi induzida ao coma por conta da agitação muscular, mas hoje está melhor. Ela levantou, conversou. Há três dias, ela responde a tudo o que perguntam, sabe o que é direita e esquerda. Por conta da sedação, ela perdeu toda a massa muscular", afirmou Adriane na coletiva.
A atriz, que morava no Rio de Janeiro na companhia da filha, Iza, e da empresária, , costumava vir a São Paulo para acompanhamento médico. A adolescente sempre evitou expor a mãe nas redes. Em seus posts feitos na manhã desta sexta-feira, ela optou por mensagens de fé e postagens de versículos. "Entreguem todas as suas preocupações a Deus, pois ele cuida de vocês", escreveu. "Que você seja a sua própria fortaleza nos tempos de medo e indecisão. Que consiga olhar para si e encontrar toda a força para viver mais um dia, dar mais um passo, suportar outra dor. Ainda que até hoje não tenha percebido: você é o bem mais precioso que possui", postou.
Procurada por Quem nesta sexta, a assessoria de comunicação de Claudia havia explicado que o caso era delicado. "A empresária convocou esta coletiva para falar com toda a imprensa sobre a real situação. Nos últimos dias, ela havia ficado incomunicável para falar sobre a situação da Claudinha. Estive no hospital há três dias e a situação não delicada", afirmou o representante.
TRATAMENTO ALTERNATIVO
Na busca por melhoras das sequelas da doença — que comprometeram sua locamoção, fala e coordenação motora — a atriz chegou a participar de congressos médicos para divulgar o canabidiol, a maconha medicinal, no ano passado.
Em 2018, ela precisou ficar internada em regime fechado para evitar um novo surto da esclerose múltipla, doença autoimune que atinge o sistema nervoso central. Os sintomas mais comuns da esclerose múltipla são visão dupla, dormência no corpo e disfunções no equilíbrio e no comportamento. Ainda naquele ano, ela passou a apresentar dificuldade de locomoção, para tomar banho sozinha e ficou com audição comprometida.
TRANSPLANTE
No fim de 2016, a atriz passou por um transplante de células-tronco, uma tentativa de tratamento para as sequelas da esclerose múltipla. Ela foi diagnosticada com doença em 2000, quando estava em um agitado momento profissional. Ela viajava pelo país com a peça Monólogos da Vagina e atuava no humorístico Escolinha do Professor Raimundo, na TV Globo.
A atriz conta que seguiu sua vida normalmente após o diagnóstico, inclusive realizando o sonho de ser mãe em 2002, quando nasceu Iza, sua única filha. "Tive a minha filha e toquei a vida normalmente", disse ela em entrevista para Quem, relatando que só voltou a ter sintomas em 2007. Um novo surto aconteceu em 2016.
AFASTAMENTO DAS REDES SOCIAIS
Claudia Rodrigues costumava atualizar os seguidores sobre seu estado de saúde, mas se manteve distante das redes desde o fim de novembro do ano passado. Na ocasião, ela falou sobre o Prêmio Bussulo de Comunicação, que teve cerimônia de premiação em outubro. "[O prêmio foi] pela minha superação e luta contra esclerose. Gratidão a toda equipe. Uma noite inesquecível."

Por 

  • Comentar com o Gmail
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Claudia Rodrigues deixa UTI após traumatismo craniano Rating: 5 Reviewed By: Informativo em Foco