Sancel
21.2.20

Ceará registra 51 assassinatos em dois dias após paralisação da polícia

Depois do motim da polícia no Ceará, o número de assassinatos disparou no Estado. Ao todo são 51 mortes em 48 horas, ou seja, mais de uma morte a cada 60 minutos. A paralisação dos policiais começou na última terça-feira (18).
Entre os assassinados está um jovem de 16 anos, morto na capital cearense. O adolescente foi atacado por sete homens que estavam em motos. Em outro bairro de Fortaleza, um tiroteio deixou um morto e outro ferido.
A situação é complicada, os batalhões estão ocupados pelo policiais, que estão de braços cruzados em protesto por um aumento salarial. Em uma das unidades ocupadas, o senador Cid Gomes tentou entrar com uma retroescavadeira e foi baleado.
Na última quinta-feira (20), representantes dos policiais e senadores tiveram um encontro para por fim ao motim. Entretanto, não houve acordo, principalmente no pedido de anistia para os integrantes do movimento, que foi considerado inegociável pelo governo do Ceará.
Por conta da situação, o governo federal decidiu intervir e enviou o reforço de tropas do Exército e de 300 agentes da Força Nacional.
IstoÉ
  • Comentar com o Gmail
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Ceará registra 51 assassinatos em dois dias após paralisação da polícia Rating: 5 Reviewed By: Informativo em Foco