Sancel
11.1.19

Objetos improváveis que podem ter mais bactérias que o seu banheiro

Alguns desses objetos costumam esconder e concentrar mais germes que o seu toalete inteiro

Você não tocaria no vaso sanitário e logo depois no seu rosto, não é? Provavelmente não e por razões de bom senso em preservar a saúde. Mas você ficaria surpreso que há muitas outras coisas que nem imaginamos e depositam mais bactérias que o banheiro e nem lembramos de levar as mãos depois de tocá-las?

Na galeria, veja lista do Buzznick de objetos que costumam esconder e concentrar mais germes que o seu toalete inteiro.

Canecas de café do escritório - Em um escritório, a maioria das pessoas tende a limpar suas xícaras com esponjas, que são carregadas de bactérias. Esses germes se juntam à caneca, podendo lá permanecerem por até três dias.

Bronzeamento artificial - Dermatologistas descobriram que as camas de bronzeamento artificial podem abrigar a bactéria staphylococcus aureus, que pode ser mortal, assim como a bactéria fecal, o vírus da herpes e os papilomavírus. Isto tudo, aliado aos raios nocivos, pode causar câncer.

Playgrounds - Pesquisadores tiraram amostras tanto de parquinhos infantis internos quanto externos e detectaram traços de sangue, muco, saliva e urina. Ou seja, o pesadelo dos pais.

Teclado - As pessoas muitas vezes comem em sua mesa enquanto trabalham. Nos teclados dos computadores foram encontrados cinco vezes mais germes do que um assento de vaso sanitário!

Caixas eletrônicos e cartões de débito - O seu cartão já tocou em diversas superfícies, uma vez que costuma ser inserido em locais onde outros cartões repletos de germes também já foram colocados. E ninguém se lembra de limpar os cartões de débito ou de crédito, né?

Gelo - Este dado é um pouco assustador. Um estudo revelou que 70% do gelo servido em restaurantes de fast food nos EUA tinha mais bactérias que a água do banheiro. Socorro!

Bolsas - O fundo de uma bolsa pode ser muito assustador. Além disso, costuma ter dinheiro, celular e restos de comida, que costumam ser tocados com as mãos sujas e são colocados em superfícies diferentes ao longo do dia.

Tábua de cortar - A carne crua carrega um alto nível de bactérias fecais. As tábuas para cortar carne costumam ter 200 vezes mais bactérias fecais do que os vasos sanitários.

Piscinas - Em 2013, os pesquisadores do CDC (Centers for Disease Control and Prevention) coletaram amostras de água de 160 piscinas públicas nos EUA e encontraram fezes e a bactéria E. coli em quase 60% delas!

 Celulares - Estudos mostram que ao longo do tempo os smartphones acumulam matérias fecais, o que é preocupante, já que colocamos os celulares junto ao rosto. Uma pesquisa de 2011 revelou ainda que 75% dos americanos admite usar telefones no banheiro.

 Máquinas de refrigerante - Uma investigação de 2010, feita pelo International Journal of Food Microbiology, revelou que os refrigerantes tirados das máquinas contêm vestígios de contaminação na forma da bactéria coliforme.

 Carrinhos de compras - No local onde as pessoas colocam as mãos já foram encontrados vestígios de matéria fecal e da bactéria E. coli.

 Sacolas reutilizáveis - Sacolas reutilizáveis carregam os germes dos produtos que guardam e têm mais matéria fecal do que a sua roupa íntima.

 Maçaneta da porta - As mãos são umas das partes mais sujas do corpo. Devido a isso, a maçaneta de uma porta, que é tocado por diversas mãos diferentes, só pode conter várias bactérias.

 Menus de restaurante - É no cardápio que costumamos tocar antes de comer. Em média, os menus contêm 100 vezes mais bactérias do que o vaso sanitário do restaurante.

 Banheiros de avião - Embora você possa pensar que as mesinhas para fazer refeições são sujas, os banheiros dos aviões são ainda mais sujos.

 Controle remoto - Tocar no controle enquanto come, deixá-lo cair entre as almofadas do sofá e passá-lo de mão em mão é a receita ideal para acumular bactérias.

 Esponjas de cozinha - A esponja da sua cozinha costuma ficar úmida, com uma mistura de sujeira e água morna, o que são ótimas condições para abrigar bactérias. Opte por trocar de esponja regularmente.






 Geladeiras - Muitas geladeiras podem apresentar a bactéria E. coli, uma vez que refrigeram no interior carne crua e outros alimentos repletos de germes.
Escovas de dente - Ao que tudo indica, quando se puxa a descarga, os vermes podem pairar por quase dois metros, sobrevivendo por duas horas. As escovas de dentes costumam ser deixadas úmidas, podendo elas atraírem bactérias.


















Não fique paranóico - É óbvio que encontramos bactérias diariamente por toda a parte. No entanto, poucos morrem ou ficam doentes por causa desses germes.
Previna-se! - Lave as mãos e desinfete as superfícies para garantir que a sua imunidade não diminua. As faxinas regulares são importantes, mas você não precisa virar escravo da limpeza.









Notícias ao Minuto
  • Comentar com o Gmail
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Objetos improváveis que podem ter mais bactérias que o seu banheiro Rating: 5 Reviewed By: Informativo em Foco