Sancel
19.10.18

Prefeito tucano é expulso após declarar apoio a Márcio França em SP

A expulsão ocorreu após Lindo, que disse ter votado em Doria no primeiro turno, se encontrar com França num evento em Piracicaba e afirmar que o apoia

Reprodução / Facebook / Ademir Lindo
prefeito de Pirassununga, Ademir Lindo, foi expulso do PSDB após declarar apoio a Márcio França (PSB), adversário do tucano João Doria no segundo turno da eleição para governador de São Paulo.

A expulsão ocorreu após Lindo, que disse ter votado em Doria no primeiro turno, se encontrar com França num evento em Piracicaba e afirmar que o apoia, além de ter criticado o candidato do seu partido.
O prefeito disse que os ataques sofridos pelo candidato do partido à presidência, Geraldo Alckmin, e ao ex-governador Alberto Goldman foram inaceitáveis, que Doria tem tratado as pessoas de "maneira ditatorial" e que tomou medidas sem consultar o partido.
Lindo afirmou que recebeu a notícia da expulsão com tristeza e que vai recorrer até as últimas instâncias partidárias para manter a filiação.
"Sou fundador do partido, estou desde o início. Não sou o Doria, que chegou agora. Sofremos para montar o partido. Recebi com tristeza a notícia, de pessoas que não têm história."
Questionado se ele se referia também ao presidente do diretório estadual tucano, Pedro Tobias, afirmou que sim. "[Eles] Não têm um caminhar, eu tenho um caminhar no PSDB desde o primeiro dia. [Doria] está se achando dono do partido, o cara. Goldman é muito mais importante que ele."
POR FOLHAPRESS
  • Comentar com o Gmail
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Prefeito tucano é expulso após declarar apoio a Márcio França em SP Rating: 5 Reviewed By: Informativo em Foco