Sancel
1.10.18

Coreias começam a remover minas terrestres de fronteira

Remoção de minas foi acordada no último encontro de Kim Jong Un e Moon Jae-in

DR
Soldados da Coreia do Sul e da Coreia do Norte começaram a remover nesta segunda-feira (1º) minas terrestres ao longo da altamente fortificada fronteira entre os dois países, informou o Ministério de Defesa sul-coreano.
O líder norte-coreano, Kim Jong-un, e o Presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, assinaram em meados de setembro uma declaração conjunta, que poderá ser importante para o futuro diálogo sobre a desnuclearização da península, entre Pyongyang e Washington.
Durante a reunião, que durou três dias, os ministros da Defesa das duas Coreias, que tecnicamente continuam em guerra, assinaram ainda um histórico acordo militar, que reduz a possibilidade de se produzirem choques fronteiriços entre os respectivos exércitos.
De acordo com o documento, os dois países vão suspender -- a partir do dia 1º de novembro -- as respectivas manobras junto à fronteira terrestre e eliminar 11 postos militares de fronteira até ao final do ano.
Os dois países vizinhos estão também a planejar escavações conjuntas, de abril a outubro de 2019, para descobrir os restos mortais de soldados mortos nas proximidades de Cheorwon, onde ocorreram duas das mais sangrentas batalhas da Guerra da Coreia (1950-1953).
Acredita-se que restos de cerca de 300 soldados do Comando das Nações Unidas (UNC), contingente multinacional liderado pelos EUA e pela Coreia do Sul, que incluía tropas colombianas, permaneçam na área. As duas Coreias vão estabelecer também uma zona de restrição aérea junto à linha de divisão e determinar uma zona junto à fronteira marítima em que vão ser proibidas manobras navais.
Na declaração conjunta assinada por Moon e Kim, Pyongyang compromete-se a tomar medidas para o encerramento da central norte-coreana de Yongbyon, considerada como o "epicentro" do programa nuclear, tal como ficou decidido na Cimeira de Singapura, mas colocou condições aos Estados Unidos, exigindo "medidas proporcionais aos EUA.
A declaração conjunta prevê também aumentar as trocas transfronteiriças no sentido do desenvolvimento econômico comum e, em concreto, o empreendimento de ligações ferroviárias e rodoviárias antes do final do ano.
Por último, foi decidido promover reuniões de famílias separadas pela guerra (1950-1953), através de ligações vídeo e a abertura de um gabinete na cidade fronteiriça norte-coreana para que os civis dos dois países possam localizar familiares. 

Lusa
  • Comentar com o Gmail
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Coreias começam a remover minas terrestres de fronteira Rating: 5 Reviewed By: Informativo em Foco