Sancel
13.9.18

No jejum, devemos buscar as armas espirituais para vencer as batalhas

Não é possível travar batalhas espirituais com recursos naturais. O sobrenatural é algo que só se explica pela fé, e acreditar num combate espiritual, que é real, só é possível pela fé. Existe um movimento incessante para acabar com a obra e com os filhos de Deus, mas é preciso ter fé para enxergar este combate e sobreviver a ele.

O diabo quer destruir a sua vida

O diabo não quer lhe dar um tapinha; o desejo dele é destruir a sua vida. Ele lança setas sobre a nossa vida, quer nos fazer ficar desesperados e ansiosos, irados, afastados de Deus. Cabe a cada um de nós nos sensibilizar com relação à realidade espiritual, tomando consciência de que precisamos do cuidado de Deus.
O inimigo vai minando a nossa vida, trabalhando por escala. Ele não dorme, ele nos ataca o tempo todo. O diabo se vale do nosso próprio ego, da nossa autossuficiência; e quando achamos que é possível resolver as coisas do nosso jeito, ele tem a brecha para nos atacar.

Nossa luta não é contra as pessoas

A sua luta não é contra o seu cônjuge, contra os seus colegas de trabalho nem seu professor. O diabo está tramando, alimentando os atritos e dissensões entre você e outros seres humanos, e não adianta querer usar recursos humanos, dar tapas na mesa, levantar a voz, é preciso entender que é preciso graça.

O segredo para a vitória nas batalhas espirituais

Como vencer o combate espiritual? Pelo exemplo dos homens e mulheres de Deus, há três coisas essenciais: ser íntimo de Deus, ter visão espiritual e munir-se de armas espirituais. Esse é um caminho de renúncia. Acima de tudo, é preciso sacrificar a nós mesmos, para que Ele possa trabalhar em nós.
Sem sacrifício, sem renúncia, não há como Deus trabalhar em nós. Se tentamos resolver tudo seguindo nossa vontade, tudo se torna mais difícil. Pensemos hoje: quais são as lutas que temos passado? Não será hoje o dia de nos sacrificarmos, jejuando e orando, para que Deus nos dê a vitória frente a essas lutas.
O demônio tem paciência! Ele martela, todos os dias, tentando nos quebrar o tempo todo; e de igual modo, nós não podemos cessar de buscar em Deus a nossa força, para que o inimigo não venha a nos quebrar.
O jejum é uma poderosa ferramenta que Deus nos dá, para que possamos ter vitória diante das lutas espirituais. Só assim podermos superar as lutas desta vida, tendo como alvo a pátria celeste, que é lugar que Deus nos reservou.
Canção Nova
  • Comentar com o Gmail
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: No jejum, devemos buscar as armas espirituais para vencer as batalhas Rating: 5 Reviewed By: Informativo em Foco