Sancel
10.8.18

Acusado de assassinar Érika Vanessa é condenado a 17 anos de prisão em João Pessoa

A vítima foi morta com um tiro no rosto no dia 24 de abril ​de 2014.

Imagem/ Pollyana Sorrentino/ RTC
José Itamar Montenegro foi condenado a 17 anos de prisão, em regime fechado, pelo assassinato de Érika Vanessa de Sousa Lira, morta no dia 24 de abril de 2014. A sentença foi lida pela juíza Francilucy Rejane de Sousa Mota Brandão, na manhã desta sexta-feira (10), no Fórum Criminal de João Pessoa.
De acordo com a decisão, o condenado poderá recorrer em liberdade.
O julgamento foi iniciado às 14h dessa quinta (9). Uma caravana com parentes, ativistas e representantes de instituições em defesa da mulher saiu  de Cajazeiras (cidade natal da advogada) em direção à capital.
Ao sair do julgamento, em poucas palavras, a mãe da vítima relatou: "Não traz minha filha de volta, mas me deixa bem aliviada". A filha de Érika, Ashlley Kessy, acredita que o condenado não deveria recorrer em liberdade. " O que a gente pede agora, é que ele não consiga recorrer em liberdade. Esperávamos pena máxima, mas, por uma parte, a justiça foi feita sim", disse.
O advogado de defesa do condenado informou sobre o recurso contra a decisão da juíza. "Nós já pedimos o recurso de apelação. Respeitamos o tribunal do juri, mas entendemos que as provas foram agredidas", contou.
Após aproximadamente 16 horas de julgamento, a magistrada reconheceu o trabalho em conjunto dos órgãos jurídicos. "Estamos com a sensação de dever cumprido. Todos os profissionais envolvimentos fizeram o seu papel para chegarem a este resultado, tanto o Tribunal do Júri, quanto o Ministério Público e os peritos. Todos fizeram o seu papel", revelou.
O crime
Antes de ter morte confirmada, a advogada ficou internada na UTI do Hospital de Emergência e Trauma, em estado grave, por 11 dias. Érika foi atingida por um disparo no rosto. Ela estava no apartamento que morava, localizado no bairro do Bessa, na capital.
Segundo o laudo do Instituto de Polícia Científica (IPC), o tiro que atingiu a advogada não foi acidental. Os indícios apontam que o suspeito atirou na ex-companheira após uma discussão.
Portal T5
  • Comentar com o Gmail
  • Comentar com o Facebook
Item Reviewed: Acusado de assassinar Érika Vanessa é condenado a 17 anos de prisão em João Pessoa Rating: 5 Reviewed By: Informativo em Foco