28.6.18

“Presidenciável” do MDB cancela visita à Paraíba por falta de apoio

A visita do pré-candidato do MDB a presidente da República, Henrique Meirelles, à Paraíba, foi cancelada. Segundo versões, a falta de maior apoio de correligionários no Estado à sua pretensão teria levado o ex-ministro a adiar sua vinda, que ocorreria amanhã, com roteiros em João Pessoa e Campina Grande. A própria assessoria do presidenciável deu a notícia do adiamento, observando que a redefinição de outra data ficará a critério da direção do partido na Paraíba. O presidente do diretório regional do MDB é o senador José Maranhão, pré-candidato ao governo do Estado.
Até ontem, Maranhão ainda se encontrava em Brasília e é aguardado hoje na Paraíba para oferecer detalhes de alguma posição tomada acerca da visita de Meirelles, cuja candidatura não empolga correligionários em vários Estados. Além de se reunir com líderes políticos paraibanos, o presidenciável emedebista iria prestigiar os festejos juninos na cidade de Campina Grande. O MDB esvaziou-se em Campina Grande com a saída do deputado federal Veneziano Vital do Rêgo, ora filiado ao PSB, pelo qual concorrerá a uma vaga ao Senado.
Veneziano, que foi prefeito de Campina por duas vezes, derrotando o PSDB do esquema Cunha Lima, já está engajado à pré-candidatura de João Azevedo, do PSB, ao governo do Estado, acompanhando as diretrizes emanadas do governador Ricardo Coutinho, principal cabo eleitoral do ex-secretário da Infraestrutura e Recursos Hídricos. Já estiveram na Paraíba, inclusive, participando dos festejos juninos em Campina Grande, os presidenciáveis Geraldo Alckmin, do PSDB, e Jair Bolsonaro, do PSL. Ambos justificaram a visita como parte de estratégias para fortalecimento das respectivas postulações. Bolsonaro tem o apoio, na Paraíba, da ex-primeira-dama Pâmela Bório, que, inclusive, é cogitada para disputar mandato eletivo. Pâmela trava embates na Justiça com o ex-marido, o governador Ricardo Coutinho, pela guarda do filho Henri, que nasceu da união entre eles. O governador, até o momento, não definiu posição sobre a sucessão presidencial, tendo externado preferência pela candidatura do petista Luiz Inácio Lula da Silva, que está preso e enfrenta problemas legais para ser registrado, apesar da obstinação da cúpula do PT em lançá-lo novamente à presidência.
Na coluna “Informe”, do jornal “Correio da Paraíba”, edição de hoje, consta a informação de que o pré-candidato do MDB Henrique Meirelles cancelou a visita devido à falta de apoio de correligionários paraibanos. Até agora, o presidenciável emedebista tem percorrido alguns Estados, em que aproveita entrevistas e debates para expor ideias sobre o futuro do país, especialmente no que diz respeito a medidas que afetam o setor econômico. De acordo com o jornal, Meirelles decidiu aguardar que o senador José Maranhão defina nova data para sua visita ao Estado, depois de organização prévia.
Blog Os Guedes
  • Comentar com o Gmail
  • Comentar com o Facebook
Item Reviewed: “Presidenciável” do MDB cancela visita à Paraíba por falta de apoio Rating: 5 Reviewed By: Informativo em Foco