Sancel
12.7.18

Mergulhador cita falha de bomba e gritos na caverna da Tailândia

Últimos socorristas tiveram que se apressar para passar por lugar estreito e deixar o local

Uma nova e surpreendente informação foi recentemente divulgada sobre o resgate dos 12 garotos e de seu treinador da caverna inundada de Tham Luang, na Tailândia. A energia elétrica e as bombas para retirar água pararam de funcionar no momento que o time foi retirado, mas tornou imperativo aos últimos resgatistas deixassem a caverna às pressas, conta o último mergulhador a sair do local.

Na terça-feira (10), assim que as últimas cinco pessoas resgatadas tinham acabado de serem resgatadas, ouviu-se um grito partindo do lugar mais delicado do trajeto de saída, uma galeria tubular por onde se passava com muita dificuldade, noticia o G1.
"O australiano que supervisionava a passagem começou a berrar dizendo que a bomba d'água tinha deixado de funcionar", disse à AFP Chaiyananta Peeranarong, de 60 anos, ex-comandante da Marinha tailandesa.
Ele relatou os últimos momentos da dramática evacuação: "Se não se bombeasse a água nesse lugar, só seria possível sair com um cilindro de oxigênio". Por causa disso, os últimos mergulhadores "correram" para passar por esse lugar "T", um pesadelo por sua estreiteza.
Chaiyananta relata que deixou os colegas passarem e saiu por último, tendo tempo apenas de passar antes de o lugar ficar totalmente submerso.
O comandante explica que, para evitar que os meninos entrassem em pânico na hora do mergulho, alguns foram sedados e adormecidos. A mídia havia noticiado que eles apenas teria tomado pílulas para controlar o estresse.
"Disseram à imprensa que os garotos deveriam aprender a mergulhar. Esses garotos não comiam, ou dormiam, há dias, como teriam encontrado energia para praticar? Isso era absurdo", revelou.

  • Comentar com o Gmail
  • Comentar com o Facebook
Item Reviewed: Mergulhador cita falha de bomba e gritos na caverna da Tailândia Rating: 5 Reviewed By: Informativo em Foco